Kay Bojesen

Kay Bojesen foi um artesão dinamarquês conhecido e adorado pela funcionalidade, simplicidade e estética de seus designs.

Formado como ourives pela oficina de Georg Jensen em 1910, abriu sua própria em Copenhagen onde ganhou fama por seus designs que abrangem múltiplas matérias incluindo prata, aço, madeira, vidro, chumbo e porcelana.

Em 1951, recebeu o primeiro prêmio do Trienal de Artes Decorativas e de Arquitetura Moderna em Milão pelo faqueiro “Grand Prix”. Chamado “o melhor faqueiro do mundo” pelo arquiteto Michael Sheridan, o Grand Prix é também conhecido como o faqueiro nacional da Dinamarca. Ele é usado pelas embaixadas da Dinamarca e por vários restaurantes Michelin, como o Kadeau na ilha de Bornholm ou o Alchemist em Copenhague.

Feito originalmente em prata, a série conta com 57 diferentes tipos de talheres e está também disponível em aço fosco e polido.

Desde 2011, a neta caçula de Kay Bojesen, Susanne Bojesen Rosenqvist lidera a produção do Grand Prix assim como a de outras peças do enorme acervo de design de Kay Bojesen. Para saber mais sobre a disponibilidade do Grand Prix no Brasil, contate a empresa (info@kaybojesen.dk).

Tags