Usando luzes como um profissional: aprenda com Louis Poulsen

A luz natural exerce um importante papel no conceito de design dinamarquês: os cômodos deveriam ser inundados com o máximo de luz, durante o maior tempo possível. Contudo, durante os dias escuros de inverno – ou mesmo dias nublados –, quando falta luz natural, podemos usar a luz em espaços estratégicos para darem uma forcinha. E se forem em luminárias com muita personalidade, melhor ainda.

 

Este é o caso da Louis Poulsen, nome sempre ligado à qualidade e desenho inovador no setor, que lançou, recentemente, uma nova coleção.

As luminárias têm o poder de mudar a atmosfera do ambiente – relaxar, ajudar a focar nas suas tarefas, ser um parceiro de leitura. Para um ambiente acolhedor, o pendente Toldbod 120 foi repaginado e, em novos materiais, traz o ambiente perfeito para qualquer ocasião. Por ser uma luz focada, ele pode estar sobre sua mesa de trabalho – o que auxiliará, sem dúvida, durante suas tarefas. Por outro lado, se for colocada sobre uma mesa de canto, ou sobre uma peça de arte que mereça destaque, ela exerce o duplo papel – chamar atenção para o que se pretende, e uma luz indireta para a penumbra desejada.

As cinco novas cores destacam as curvas discretas da peça, que já se tornou objeto desejo dos decoradores – como quase todo o portfólio da marca, presente no mercado há mais de 140 anos e, desde 1924, referência no setor de luminárias – como a Artichoke PH e a PH5.

Facebook0
Pinterest0

Tags